'

Graduações Infantil

Graduações Infantil

Definição Geral

As graduações infantis foram desenvolvidas no Hapkido Jik Bu Kwan baseadas na intenção do fundador em criar um sistema característico às necessidades desses empolgados praticantes. A arte do Hapkido é treinada, basicamente, por jovens e adultos, mas a grande adesão de crianças à equipe nos últimos anos, promoveu uma nova situação.

Ao longo dos treinos, identificou-se que a criança não possui o mesmo ritmo e a mesma predisposição para apreender o conhecimento como o adulto. Ela pode, até mesmo, demonstrar que conhece as técnicas e movimentações do currículo, mas ainda não as aprendeu realmente a ponto de utilizá-las. Geralmente, a criança apenas reproduz o que viu e assimilou. Seu conhecimento, portanto, não significa compreensão. Essa diferença pode desenvolver falhas futuras no currículo do atleta em graduações elevadas e, até mesmo, prejudicar a transmissão de seus conhecimentos a outros alunos.

Na busca de uma solução, o Mestre Flávio Augusto de Oliveira desenvolveu um novo sistema modular de graduação infantil voltado a crianças e adolescentes entre 6 e 12 anos. Com base em seus conhecimentos e estudos acadêmicos em Educação Física sobre infância e adolescência, adequou o treinamento às metodologias de ensino, pedagógica e didática necessárias ao aprendizado dessas faixas etárias.

Ateve-se ao fato de que a infância é considerada a fase evolutiva mais importante da vida humana: período de fundamentação das bases que constituirão o indivíduo para o resto de sua existência. O método de ensino foi criado com o objetivo de ensinar a prática do Hapkido para crianças promovendo importantes melhorias físicas e psicológicas necessárias à sua formação, bem como desenvolver a prática educativa em contribuição à construção de conhecimentos através da atividade lúdica.

A essa geração de alunos foi criada uma nova progressão de faixas, para representar sua evolução, bem como de demarcar o conhecimento técnico e de incentivar visivelmente suas trajetórias. A falta de faixas infantis poderia causar a desistência do aluno e até mesmo, a graduação precoce sem preparação técnica, física, teórica e psicológica necessárias.

Tudo foi desenvolvido sobre bases cientifícas e experimentais, dando maiores e melhores resultados de aprendizado para as nossa crianças.