'

Intermediário

Filosofia – nesta fase, com um alicerce bem construído, o praticante começa a erguer as paredes altas e extensas de seu castelo. A compreensão do segundo princípio da arte: WON (Circulo), que será fundamental para essa etapa de circularidade e continuidade. O aluno terá que entender que tudo está interligado na arte do Hapkido Jik Bu Kwan. As técnica básicas possuem fundamental importância no desenvolvimento das atuais, bem como estas  são parte fundamental das técnicas futuras, assim como a interdependência das graduações e os conceitos adquiridos.

Treinamento – As técnicas passam para um nível mais avançado em relação às anteriores, priorizando os giros completos. Unir o conhecimento das técnicas anteriores torna-se indispensável para a execução plena das técnicas deste nível. Só há progresso nesta fase, se o aluno for capaz de somar os ensinamentos adquiridos desde a sua primeira aula até a presente.

Teoria – É cobrado maior zelo por tudo que envolve o Hapkido, e é mostrada a importância de multiplicar o conhecimento adquirido. Trata-se do momento do aluno descobrir seus próprios objetivos no Hapkido. Os ensinamentos voltam-se para que o praticante consiga correlacionar suas ações e compreender o que a arte lhe pede.

Conduta – Espera-se que o praticante dê os primeiros sinais em forma de gestos e comportamentos, dentro e fora do Dojan, provando que realmente adquiriu uma compreensão maior sobre o Código de Honra e seus principais objetivos. O superior mantém a atenção e o auxílio no treinamento do aluno nesta fase, pois ele deve ser questionado quase o tempo todo.

7º gub – Faixa Verde

Faixa Verde

Passa a treinar giros básicos de ataque e defesa, pular e cair. Passada a fase de iniciante e para melhor entendimento dos valores e princípios básicos da arte, o aluno começa e ser cobrado por suas atitudes e comportamentos no que diz respeito às responsabilidades com a técnica, com a arte e com a equipe.

6º gub – Faixa Verde ponta Azul

Faixa Verde ponta Azul
Treina-se andar e girar, além da utilização de técnicas de combate com vários oponentes. O praticante sente a cobrança de estar bem preparado para realizar qualquer tarefa e busca o enobrecimento do Hapkido através do seu melhor desempenho a cada aula.

5º gub – Faixa Azul

Faixa Azul
Busca o controle dos giros básicos, inicia o acompanhamento de saltos com giros, trabalha técnicas de combate diversas (solo, arremessos, vale-tudo) e técnicas efetivas (aplicação das técnicas em situações reais). O aluno inseriu-se no Código de Honra e busca cumprí-lo.

RRENG-Í – (CONDUTA) NÍVEL INTERMEDIÁRIO – 7º ao 5º  Gub

1. Participar no mínimo de 75% das atividades do Kwan:
a) Treinos;
b) Eventos.

2. Responsabilidade de zelo pelo nome do Hapkido, Escola e o Mestre:
a) É responsável pela organização e limpeza do Dojan;
b) Tem obrigação de saber como funciona os eventos e ajudar a organizá-los.

3. Receber os alunos novos, caso não haja ninguém de graduação superior.

4. Dedicar um dos seus treinos semanais ou quinzenais para auxiliar os novos alunos.

5. Momento de dar o exemplo dentro do Dojan em todos os sentidos. Provar ser merecedor da Graduação que ocupa:
a) Sem parar no treinamento físico;
b) Executando as técnicas do Nível Básico com perfeição, e demonstrar domínio das técnicas do Nível Intermediário;
c) Apresentando o conhecimento teórico básico com excelência.